Buscar
  • RÁDIO TURMALINA

TURMALINA – CÂMARA CONVOCA REPRESENTANTES DA SAÚDE PÚBLICA PARA FALAREM SOBRE O CORONAVÍRUS.

Na tarde desta segunda-feira (16), a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Turmalina/MG convocou a Secretaria Municipal de Saúde e o Hospital São Vicente de Turmalina para uma reunião, onde a pauta principal foi a capacidade de atendimento, caso o município entre na rota do coronavírus. “Precisamos saber qual é a capacidade de atendimento do nosso sistema público de saúde, caso o vírus atinja a nossa população”, questiona o Presidente da Câmara, vereador Noraldino Gonçalves. A Secretaria de Saúde não enviou representante à reunião, já o Hospital São Vicente foi representando pelo Diretor Administrativo Douglas Cordeiro dos Santos.



Quando o paciente atinge um quadro grave de contaminação, a alternativa é o uso de respiradores, equipamento que é deficitário em todos os hospitais do país. Em Turmalina a situação não é diferente. Perguntado sobre a quantidade de respiradores em Turmalina, o Diretor do Hospital São Vicente foi direto ao ponto. “A nossa a estrutura de Pronto Atendimento ainda é melhor do que Diamantina. Mas, mesmo assim a nossa capacidade de manter pacientes entubados é de apenas 03 unidades”, revela. Além da chamada “Sala Vermelha”, que poderá abrigar esses 03 pacientes, uma área de isolamento também está sendo estudada. “Nós temos um mapeamento que está sendo feito pelo Estado em conjunto com o Hospital. São 03 leitos de isolamento que serão montados, seguindo os protocolos oficiais”, explica o Diretor do Hospital em um tom de preocupação.

Para os vereadores Geraldinho/PHS e José Geraldo Rocha/PT é preciso que haja uma interação entre os poderes constituídos, no intuito de garantir atendimento e tratamento para as pessoas, caso o vírus atinja o município.


O Presidente Noraldino também pediu que o Hospital São Vicente de Turmalina notificasse oficialmente os órgãos responsáveis pela gestão da saúde no município, como a Secretaria Municipal de Saúde e principalmente o Ministério Público.


Outra recomendação que parte do próprio Ministério da Saúde diz respeito ao aparecimento dos primeiros sintomas da doença. Douglas Cordeiro disse que essa informação já está sendo levada ao público. “Para evitar que o vírus se espalhe, o PA - Pronto Atendimento do hospital é o último lugar em que um paciente com sintomas da doença deve procurar. O primeiro passo ir até os Postos de Saúde. Caso, alguma suspeita real do Coronavírus seja identificada, ai sim o paciente deve ser encaminhado para uma sala de isolamento no hospital”, conclui.


Outra preocupação do Diretor do Hospital diz respeito à compra de insumos para lidar com os pacientes. Os produtos estão em falta no hospital e no mercado. “Nós temos outro problema. As máscaras simples estão com estoque zerado. A máscara M-95, que é usada pelos profissionais não estão sendo encontradas no mercado. Álcool Gel, sabonete e gorros no estoque também zero. Para se ter uma ideia, um kit com 50 mascaras simples custava R$ 5,50, agora custa R$ 300,00. Quem vai pagar essa conta?”, pergunta o diretor do hospital.


Douglas Cordeiro dos Santos também disse que uma das primeiras providências foi solicitar a redução do tempo do horário de visitas. “O hospital recebe em média 7.400 visitas por mês. Se a gerência acatar a redução de 4 h para 2 h, reduziremos 35% das visitas. Se a decisão for pela suspensão, exceto acompanhantes de crianças, gestantes e idosos, a redução será de 65%”, explica.


Se o Coronavírus vai atingir a cidade ou não, é uma pergunta que ninguém tem a resposta. Mas, as probabilidades são grandes! Como serão os procedimentos adotados para tratar os pacientes mais graves caso isso aconteça, é uma resposta que ainda depende de vários fatores. Um deles é um “protocolo” que deverá ser apresentado pelo Governo do Estado nesta quarta-feira (18) em uma reunião que acontece em Diamantina.


Também participaram da reunião com o hospital, a Assessora Jurídica da Câmara Municipal Juliana Lopes, o Assessor parlamentar Amarildo Pinheiro e os vereadores Petrônio/PR e Beto da Canuta/PTB.


Mais informações a qualquer momento.

0 visualização

PONTOCOM - Música & Notícia

Rua Goiás - 163 - Turmalina/MG - CEP: 39.660 - 000

©2019 by Audiovisual Comunicação e Assessoria