Buscar
  • RÁDIO TURMALINA

FESTIVAL DE VERÃO DA UFMG SERÁ EM MARÇO.

De 4 a 11 de março, a UFMG vai realizar a 15ª edição do seu Festival de Verão, que terá praticamente toda a programação transmitida pela internet, em razão da pandemia do novo coronavírus. De apresentações teatrais a seminário, de rodas de conversa a shows musicais, de oficinas e exposições, boa parte do que vai rolar poderá ser visto pelo site.


A seguir um resumo das principais atrações em diversas áreas artísticas nos oito dias do evento, publicadas no site da universidade mineira. Todas as apresentações do Festival, que também terá imagens transmitidas pelo canal da UFMG no You Tube.


MÚSICA - A programação musical começa na quinta-feira, dia 4, às 20h, com show do rapper Renegado, que terá participação de Elza Soares em algumas músicas. Outro destaque é o show inédito que Titane e Maurício Tizumba prepararam para o Festival (dia 8, às 19h).


TEATRO - Em um documentário artístico, integrantes do grupo de teatro Mulheres de Luta, da Ocupação Carolina Maria de Jesus, de Belo Horizonte, vão relembrar suas trajetórias e falar sobre o papel do teatro em suas vidas. O documentário traz cenas de espetáculos já montados pelo grupo. Dia 9 (terça), às 19h.


Acompanhada por Admar Fernandes e dirigida por Inês Peixoto, a diva do teatro mineiro Teuda Bara vai apresentar Doida no quintal, adaptação do espetáculo Doida ao formato virtual. Dia 10, às 19h.


POESIA - Anarvore, Eliza Castro e Iza Reys, integrantes da Afrolíricas, partem do conceito de “escrevivência”, de Conceição Evaristo, para debater as formas poéticas que a juventude negra e periférica tem desenvolvido para cobrar seus direitos sociais e denunciar os abusos do cotidiano. A roda de conversa será no dia 6, sábado, às 14h. Durante o evento, as poetas vão divulgar o link de uma sala do Zoom em que vão ministrar, logo após o debate, uma oficina gratuita de escrita criativa. A atividade ficará disponível apenas para as primeiras 25 pessoas que acessarem a sala.


Ainda no sábado, às 19h, será realizado o sarau De quebrada: não procure o centro, que reúne slamers – poetas que duelam em batalhas de declamação, os chamados slams – da Região Metropolitana de Belo Horizonte.


O evento também marcará o lançamento do livro de poesias De quebrada, produzido em uma residência da edição passada do Festival de Verão, da qual participaram alguns desses poetas, sob a coordenação da professora da Faculdade de Letras da UFMG Emília Mendes.


DANÇA - Sete artistas da dança belo-horizontina foram provocados a “traduzir” em coreografia o mote “direito à cultura nas quebradas”. O resultado desse trabalho poderá ser visto no dia 5, sexta, às 20h, com reapresentação dia 9, terça, às 12h35.

O grupo de dança folclórica Sarandeiros apresentará três vídeos de coreografias desenvolvidas de forma remota ao longo de 2020. Será no dia 10, às 12h.

43 visualizações0 comentário

PONTOCOM - Música & Notícia

Rua Goiás - 163 - Turmalina/MG - CEP: 39.660 - 000

©2019 by Audiovisual Comunicação e Assessoria